FerramentasBlog.com

John Piper - O Que Jesus Quer?

                                                                                                                por John Piper

O que Jesus quer? Encontramos a resposta em suas orações. O que Ele pediu a Deus? A sua oração mais extensa pode ser lida em João 17, verso 24.

Este é o clímax de seu desejo:

Pai, a minha vontade é que onde eu estou, estejam também comigo os que me deste .

Entre todos os pecadores indignos no mundo, existem alguns que o Pai deu a Jesus. Estes são os que Deus trouxe ao Filho (Jo 6.44,65). Eles são crentes — pessoas que “receberam” a Jesus como o Salvador e Senhor, crucificado e ressuscitado, o Tesouro de suas vidas (Jo 1.12; 3.17; 6.35; 10.11,17-18; 20.28). Jesus disse que deseja que seus discípulos estejam com Ele.

 

Às vezes, ouvimos as pessoas dizerem que Deus criou o homem porque Ele estava sozinho. Elas dizem: “Deus nos criou para que estivéssemos com Ele”. Jesus concorda com isto? Bem, de fato, Ele disse que queria que estivéssemos com Ele! Sim; mas por quê? Considere o restante do versículo. Por que Jesus quer que estejamos com Ele?

Pai, a minha vontade é que onde eu estou, estejam também comigo os que me deste, para que vejam a minha glória que me conferiste, porque me amaste antes da fundação do mundo.
Essa seria uma maneira estranha de expressar a sua solidão. “A minha vontade é que onde eu estou, estejam também comigo os que me deste, para que vejam a minha glória.” De fato, estas palavras não expressam a solidão de Jesus. Expressam o interesse dEle pela satisfação de nosso anelo, e não de sua solidão. Jesus não está sozinho. Ele, o Pai e o Espírito Santo estão plenamente satisfeitos na comunhão da Trindade. Nós, e não Ele, estamos famintos por algo. E o que Jesus deseja para nós é que experimentemos aquilo para o que realmente fomos criados — ver e provar a glória de Deus.


Oh! que Deus faça isto aprofundar-se em nossa alma! Jesus nos fez (Jo 1.3) para vermos sua glória. Pouco antes de ir para a cruz, Ele suplica ao Pai os seus desejos mais profundos — “Pai, a minha vontade [meu desejo] é que... estejam comigo... para que vejam a minha glória”.
Mas isto é somente a metade do que Jesus deseja nestas palavras finais de sua oração. Já afirmamos que fomos criados para ver e provar a glória dEle. Isto é o que Ele quer — não somente que vejamos, mas também que provemos a sua glória, que tenhamos deleite e prazer nela, que a entesouremos e amemos? Considere o versículo 26:
Eu lhes fiz conhecer o teu nome e ainda o farei conhecer, a fim de que o amor com que me amaste esteja neles, e eu neles esteja.


Este é o final da oração. Qual é o objetivo final de Jesus para nós? Não é apenas que vejamos a sua glória, mas que O amemos com o mesmo amor que o Pai tem por Ele — “a fim de que o amor com que me amaste esteja neles”. O anelo e objetivo de Jesus é que vejamos a sua glória e sejamos capazes de amar o que vemos com o mesmo amor que o Pai tem pelo Filho. Ele não queria dizer que devemos apenas imitar o amor do Pai para com o Filho. Ele estava dizendo que o próprio amor do Pai se torna nosso amor pelo Filho — que amemos o Filho com o amor do Pai para com o Filho. Isto é o que o Espírito Santo se torna e concede em nossa vida: amor pelo Filho, por meio do Pai, pela operação do Espírito.


O que Jesus mais deseja é que seus eleitos sejam reunidos (Jo 10.16, 11.52) e tenham o que eles mais querem — ver a glória de Cristo e prová-la com o amor do Pai pelo Filho.
O que eu mais quero é estar reunido com vocês (e muitos outros) e VER a Cristo em toda a sua plenitude e que, juntos, amemos o que vemos com um amor que excede as nossas capacidades humanas.


Foi isto que Jesus pediu por nós: “Pai, mostra-lhes a minha glória e dá-lhes que se deleitem em mim com o mesmo deleite que tens em mim”. Oh! que vejamos a Cristo com os olhos de Deus e provemos a Cristo com o coração de Deus. Isto é a essência do céu. Este foi o dom que Cristo veio comprar para os pecadores, ao preço de sua própria morte, em nosso lugar.

 

Extraído do livro:

Penetrado pela Palavra, de John Piper

Copyright: © Editora FIEL 2009.

O leitor tem permissão para divulgar e distribuir esse texto, desde que não altere seu formato, conteúdo e / ou tradução e que informe os créditos tanto de autoria, como de tradução e copyright. Em caso de dúvidas, faça contato com a Editora Fiel.

Seja o primeiro a comentar.

Postar um comentário

Gostou do que encontrou aqui?
Comente este artigo que acabou de ler!

 

Postagens mais populares do mês

Licença Creative Commons
Esta obra(O Blog FERRAMENTAS GOSPEL) foi licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.

Arquivo do blog

Recomendamos!